sábado, 19 de abril de 2014

ÁRIES - A captura das éguas devoradoras de Homens. 21 de março até 20 e Abril.

A História

O primeiro Portal estava aberto de par-a-par. Uma voz chegou através de um Portal:
- Hércules, meu filho, sai. Passa pelo portal e entra no Caminho. Realiza teu trabalho e volta a mim, relatando o fato.
Com gritos de triunfo, Hércules se lanço correndo entre os pilares do Portal, com arrogante confiança e segurança de poder.
O filho de Marte, Diomedes, de ardente fama, governava na terra, além do portal, e ali criava os cavalos e as éguas de guerra, nos pântanos e sua herdade. Os cavalos eram selvagens e as éguas ferozes, e todos os homens tremiam ao ouvi-los, pois eles assolavam por todas as partes da terra, produzindo grande dano, matando todos os filhos dos homens que cruzassem seu caminho e engendrando constantemente cavalos mais selvagens e malignos.
"Captura essas éguas e detém estes atos malvados" , foi a ordem que se abateu nos ouvidos de Hércules. "Vai, liberta esta terra longínqua e os que vivem nela."
"Abderis!", gritou Hércules, "Adianta-te e ajuda-me nessa tarefa", chamando ao amigo a quem amava profundamente e que o seguia sempre em seus passos enquanto ia de um lugar para outro. Abderis se adiantou e tomou seu lugar ao lado de seu amigo e com ele enfrentou a tarefa. Traçando todos os planos com cuidado, os dois seguiram os cavalos enquanto percorriam as pradarias e os pântanos dessa terra. Finalmente, ele conseguiu confinar as éguas selvagens dentro de um campo onde não havia mais lugar para moverem-se, e ali as prendeu e as manietou. Depois deu um grito de alegria pelo triunfo conseguido.
Tão grande foi seu deleite na proeza , assim posto de manifesto, que ele considerou por baixo de sua dignidade pegar as éguas ou conduzi-las no caminho para Diomedes. Chamou o seu amigo dizendo: "Abderis, vem aqui e conduz estes cavalos através do portal.". Deu as costas e marchou orgulhosamente para diante.
Porém, Abderis era débil e sentiu medo da tarefa. Não pôde reter as éguas ou colocar nelas arreios ou conduzi-las através do Portal, atrás das pegadas de seu amigo. As éguas se voltaram contra ele, desgarraram e pisotearam, ferindo-o, e depois escaparam para as terras mais selvagens de Diomedes.
Mais prudente, desconsolado, humilde e desanimado, Hércules voltou à sua tarefa. Procurou de novo as éguas de lugar em lugar. deixando o seu amigo agonizando sobre a terra. Novamente prendeu os cavalos e os conduziu, ele mesmo, através do Portal. Porém, Abderis jazia morto.
O Mestre o examinou com cuidado e enviou os cavalos ao lugar de repouso, para ali serem domados e reduzidos a sua faìna. O povo dessa terra, libertado do temor, deu as boas-vindas a quem lhes havia libertado, aclamando Hércules como salvados da Terra.
O Mestre se voltou para Hércules e disse:
- O primeiro trabalho está terminado; a tarefa está feita, porém malfeita. Aprende a verdadeira lição desta tarefa e depois passa outro serviço para teu próximo. Sai para a região do segundo Portal e encontra e faz entrar o touro sagrado ao Lugar Sagrado.

Comentário

A prova em Áries é adquirir o controle mental e o uso correto da mente, por isso Hércules teve de começar em Áries suas tarefas.
As éguas devoradoras de homens, que parem cavalos de guerra, são os pensamentos precipitados dos Arianos (e de todos nós) que geram outros pensamentos, mantendo nossas mentes sempre ocupadas, sobrecarregando-as com "pensamentos que nascem de pensamentos, o que nos impossibilita de perceber a via como ela realmente é". Vivemos como que dopados com nossos próprios pensamentos e sentimos certo prazer nessa situação.
Abderis é a personalidade ainda incipiente que falece pisoteada em virtude de assumir uma tarefa para qual não esta capacitada , pois o controle do pensamento é uma atividade da Alma, ou seja, Hércules, com o qual entramos em contato quando meditamos.
A morte de Abderis (a personalidade)faz com que tenha ocorrido um certo fracasso na execução da tarefa, pois Hércules necessitará da mesma na execução de outras tarefas.
é da natureza do Ariano o impulso de criar, daí possuir uma mente fértil, que não o deixa um momento sequer sem uma atividade provocada por seus pensamentos.
Áries é o signo dos anjos caídos e da Esperança.

Nota esclarecedora:

1. O Grande Presidente que preside a Câmara de Concílio é o "Eu Sou" (o Cristo Interno), a manifestação da Divina Presença no coração do ser humano.
2. O Mestre que vigia Hércules é o Mestre pessoal de cada Ser Humano, cuja a residência no homem fica na bolsa seminal, até que ele reúna as condições necessárias para que ELE APAREÇA (Quando o discípulo esta pronto, o Mestre aparece.).
3. A Câmara de Concílio do Senhor está localizada na parte superior do ventrículo esquerdo do coração.
4. Há algumas sugestões na historinha citada que não devem passar despercebidas pelo estudante arguto e, uma delas, é a frase "Traçando os planos com cuidado", que deve servir como advertência para o Iniciado , pois toda a impulsividade deve ser substituída pela atitude de precaução e sensatez ao se lidar com a mente descontrolada.

Texto dedicado á uma grande mestre, Adi !

Nenhum comentário:

Postar um comentário