segunda-feira, 23 de junho de 2014

DANCE......

Encontre amigos que amam a verdade – porque sozinho você não poderá ser capaz de reunir muita coragem para fazer uma longa caminhada. Quando você ver pessoas indo na mesma direção que você, uma coragem pode surgir em seu coração. Ela está ali, deitada, adormecida, e pode ser ativada. Por isto um meditador precisa estar em companhia de outros meditadores - onde os amantes da verdade podem dar as mãos uns aos outros, compartilhar suas experiências, onde elas podem sentir que não estão sós, onde elas podem cantar, dançar e amar sem medo.

Encontre pessoas que possam estar juntas numa profunda comunhão de confiança, porque esta será uma longa e árdua jornada e vocês terão que passar por muitos desertos, florestas, muitas montanhas e oceanos. Sozinho você pode não ser capaz de reunir tanta coragem, sozinho você pode se sentir sem esperanças. Mas, quando você vê pessoas dançando, cantando, curtindo sua jornada, uma grande coragem surge em seu coração, uma grande confiança surge dentro de você. Você se torna confiante de que nesta vida é possível ser um Buda.

Não procure por pessoas que não estão interessadas na verdade. Evite pessoas que são indiferentes à verdade, porque elas estão desperdiçando suas vidas. Para estar com elas você terá que ser como elas. Encontre pessoas que estão tendo um romance com a existência. Isto ajudará tremendamente na sua caminhada, você será imensamente beneficiado.

Você tem estado com sede por muitas vidas. Quando o tempo chegar, não permita que os velhos hábitos o impeçam – sem hesitar beba profundamente desse néctar, não segure nem poupe nada. Siga corajosamente. Vá em frente e dance com a vida. Se as pessoas pudessem dançar um pouco mais, cantar um pouco mais, se permitirem ser um pouco mais descontraídas, sua energia estaria fluindo melhor e os problemas, as doenças desapareceriam aos poucos. Por isso eu insisto tanto em dança.

Quando foi que você dançou para você? Quando foi que você se permitiu ser a dança? Dance....Dance ao êxtase, deixe toda a energia tornar-se dança e, de repente, você vai ver que não tem nenhuma cabeça - a energia presa na cabeça se move ao redor, criando sensações em movimento. E quando você dança chega um momento em que seu corpo não é mais uma coisa rígida, torna-se flexível, fluindo. Quando você dança... e dança... chega um momento que você derrete-se e funde-se com o cosmos – “Uma só consciência.” .... Dance........


~Osho

sábado, 14 de junho de 2014

TOURO - A captura do Touro de Creta (21 de abril até 20 de maio)

A HISTÓRIA

       O Grande Senhor falou ao Mestre do homem, cuja luz brilhava entre os filhos dos homens, que também são filhos de deus:
- Onde está o homem que se manteve com poder diante dos deuses, recebeu dons e entrou pelo primeiro portal aberto par em par para trabalhar em sua tarefa?
- Ele descansa Ó Grande Presidente, e reflete acerca de seu fracasso, lamentando-se por Abderis e buscando ajuda dentro de si mesmo.
- Muito bem. Os dons do fracasso garantem o êxito quando são  corretamente compreendidos. Que proceda a trabalhar mais uma vez e penetre pelo segundo Portal !
      Só e triste, consciente da necessidade e consumido por uma profunda dor, Hércules passou lentamente entre os Pilares do Portal para a Luz que brilhava onde estava o touro sagrado. No horizonte se levantava a formosa ilha onde morava o touro, e homens arrojados podiam entrar no vasto labirinto que os atraía até o aturdimento, o labirinto do Rei de Creta, o guardião do Touro.
Cruzando o oceano para a ensolarada i
    Ele conduziu o touro como se fosse um cavalo, e com as sete irmãs cantando, á medida que marchava.
     "Vem com força" disse Brontes; "Conduz na luz" disse Steropes, "tua luz interior será mais brilhante"; "Vem rápido" disse Arges, "pois estás conduzindo através das ondas".Hércules se aproximou conduzindo o touro sagrado e emitindo luz sobre o caminho que conduzia de Creta ao Templo do Senhor. Sobre a terra firme, a beira d'água , esses três pararam Hércules e se aponderaram o touro.                                                   - Que tu tens aqui? - disse Brontes, detendo Hércules no caminho.
     - O touro sagrado, ó deus.
     - Quem sois? Diga-nos teu nome - disse Steropes.
     Eu sou o filho de Hera, um filho de homem e, com tudo um filho de Deus. Realizei minha tarefa.
     - Leva agora o Touro ao Lugar Sagrado e salva-o, pois Minos desejava seu sacrifício.

Comentário

    O Touro que precisava ser salvo é a energia sexual.
   "Leva o Touro ao lugar Sagrado e salva-o, pois Minos desejava o seu sacrifício", significa que o Iniciado deve sublimar sua energia sexual e colocá-la ao serviço de seu Cristo Interno, no coração, pois Minos (o Inimigo Secreto) quer se apossar dela para enfraquecer e subjugar o homem aos seus propósitos.
    Hércules além de salvar o Touro, monta sobre o mesmo e isso significa que além de salvá-lo de Minos, domina-o (a energia sexual), dirigindo-o como senhor absoluto (como se fosse um cavalo) para o lugar sagrado (o coração).
  A Luz na testa do Touro é a Estrela Aldebaran da Constelação do Touro e as setes irmãs Plêiades que na história representam os Arcanjos Guardiões dos Sete Portais, ou seja, dos Sete Centros de Força do homem. A luz na fronte do touro é também o simbolo da luz que envolve os espermatozóides, quando de sua disputa para fecundar o óvulo feminino.
  A chave do trabalho em touro é a correta compreensão da lei de Atração e o justo entendimento do uso e controle da matéria. O estudante primeiro é provado na capacidade de sua natureza animal, segundo a atração que a grande ilusão pode exercer sobre ele.
  Pontos também importantes:
1 - Montar, controlar e dominar o touro e trazê-lo , através das águas, para um lugar firme, lembrando que as águas brilhantes representam a libido e o plano emocional.
2- Guiar e controlar o Touro do desejo é o mesmo que aprender a dirigir a energia sexual.
3- Justa compreensão do celibato. Antes de entrar no caminho, o Iniciado pode exercer suas funções sociais de forma completa. Depois tem de guardar por inteiro suas energias sexuais.
4- ... de Creta ao Templo do Senhor, significa sublimar as energias sexuais, colocando-as a serviço do Morador no coração; o Templo do Senhor é o coração.
As advertências dos três Titãs (Bootes, Steropes e Arges) significam:
Bootes "vem com força" deve ser lida "Vem com a força", e a força aqui é a Kundalini, a energia Serpentina, adormecida e existente no homem comum, e que o Iniciado (H[ercules) tem de despertar e fazer subir até o coração.
Steropes: "Conduz na Luz" significa que o propósito do Iniciado não deve permitir que essa energia seja empregada em qualquer propósito material.
Arges: "Vem rápido, pois estás conduzindo através das ondas". Essas palavras representam um alerta para Hércules de que não se deixe envolver por qualquer atitude emocional, pois "através das ondas" indica que ele estará sujeito aos clamores o Plano Astral (águas, ondas), e isso implica sempre em perigo.
 

A Maçonaria Revelada: Em terra de cego, quem tem olho é bruxa.Odir Fon...

A Maçonaria Revelada:
Em terra de cego, quem tem olho é bruxa.
Em terra de cego, quem tem olho é bruxa. Sisifo, de Tiziano (1549). Sísifo foi um mortal que, tomado frequen...

sábado, 19 de abril de 2014

 Os doze Signos e os desafios básicos na existência humana

A) Etapas preparatórias:

Áries – aprendizado do controle da mente.
Touro – aprendizado sobre a natureza dos desejos.
Gêmeos – aprendizado do conhecimento de si mesmo.
Câncer – aprendizado do desenvolvimento da intuição

B) Lutas no plano físico:
Leão – para desenvolver poder e coragem.
Virgem – para a preparação do discípulo para a 1ª iniciação.
Libra – para  a aquisição  e integração do equilíbrio dos opostos.
Escorpião – para controlar e superar os desejos – 2ª iniciação.

C) Etapas  a serem realizadas:Sagitário – para acabar com as tendências do uso do pensamento destrutivo.
Capricórnio – para elevação da personalidade – 3ª iniciação.
Aquário – para o serviço de limpeza e purificação.
Peixes – para a transcendência da animalidade - a salvação.

4 – Os Signos e os doze dons do Espírito a serem desenvolvidos
ARIES – Adaptabilidade.
TOURO – Desapego.
GÊMEOS – A arte de deixar as coisas acontecerem.
CÂNCER – Conhecer o seu lugar.
LEÃO – Simplicidade.
VIRGEM – Tolerância
LIBRA – Desembaraço.
ESCORPIÃO – Não identificação.
SAGITÁRIO – A arte de viver em companhia.
CAPRICÓRNIO – Integridade pessoal.
AQUÁRIO – O dom de servir.
PEIXES – Coragem.

Fonte: Iva Marques da Fonseca

ÁRIES - A captura das éguas devoradoras de Homens. 21 de março até 20 e Abril.

A História

O primeiro Portal estava aberto de par-a-par. Uma voz chegou através de um Portal:
- Hércules, meu filho, sai. Passa pelo portal e entra no Caminho. Realiza teu trabalho e volta a mim, relatando o fato.
Com gritos de triunfo, Hércules se lanço correndo entre os pilares do Portal, com arrogante confiança e segurança de poder.
O filho de Marte, Diomedes, de ardente fama, governava na terra, além do portal, e ali criava os cavalos e as éguas de guerra, nos pântanos e sua herdade. Os cavalos eram selvagens e as éguas ferozes, e todos os homens tremiam ao ouvi-los, pois eles assolavam por todas as partes da terra, produzindo grande dano, matando todos os filhos dos homens que cruzassem seu caminho e engendrando constantemente cavalos mais selvagens e malignos.
"Captura essas éguas e detém estes atos malvados" , foi a ordem que se abateu nos ouvidos de Hércules. "Vai, liberta esta terra longínqua e os que vivem nela."
"Abderis!", gritou Hércules, "Adianta-te e ajuda-me nessa tarefa", chamando ao amigo a quem amava profundamente e que o seguia sempre em seus passos enquanto ia de um lugar para outro. Abderis se adiantou e tomou seu lugar ao lado de seu amigo e com ele enfrentou a tarefa. Traçando todos os planos com cuidado, os dois seguiram os cavalos enquanto percorriam as pradarias e os pântanos dessa terra. Finalmente, ele conseguiu confinar as éguas selvagens dentro de um campo onde não havia mais lugar para moverem-se, e ali as prendeu e as manietou. Depois deu um grito de alegria pelo triunfo conseguido.
Tão grande foi seu deleite na proeza , assim posto de manifesto, que ele considerou por baixo de sua dignidade pegar as éguas ou conduzi-las no caminho para Diomedes. Chamou o seu amigo dizendo: "Abderis, vem aqui e conduz estes cavalos através do portal.". Deu as costas e marchou orgulhosamente para diante.
Porém, Abderis era débil e sentiu medo da tarefa. Não pôde reter as éguas ou colocar nelas arreios ou conduzi-las através do Portal, atrás das pegadas de seu amigo. As éguas se voltaram contra ele, desgarraram e pisotearam, ferindo-o, e depois escaparam para as terras mais selvagens de Diomedes.
Mais prudente, desconsolado, humilde e desanimado, Hércules voltou à sua tarefa. Procurou de novo as éguas de lugar em lugar. deixando o seu amigo agonizando sobre a terra. Novamente prendeu os cavalos e os conduziu, ele mesmo, através do Portal. Porém, Abderis jazia morto.
O Mestre o examinou com cuidado e enviou os cavalos ao lugar de repouso, para ali serem domados e reduzidos a sua faìna. O povo dessa terra, libertado do temor, deu as boas-vindas a quem lhes havia libertado, aclamando Hércules como salvados da Terra.
O Mestre se voltou para Hércules e disse:
- O primeiro trabalho está terminado; a tarefa está feita, porém malfeita. Aprende a verdadeira lição desta tarefa e depois passa outro serviço para teu próximo. Sai para a região do segundo Portal e encontra e faz entrar o touro sagrado ao Lugar Sagrado.

Comentário

A prova em Áries é adquirir o controle mental e o uso correto da mente, por isso Hércules teve de começar em Áries suas tarefas.
As éguas devoradoras de homens, que parem cavalos de guerra, são os pensamentos precipitados dos Arianos (e de todos nós) que geram outros pensamentos, mantendo nossas mentes sempre ocupadas, sobrecarregando-as com "pensamentos que nascem de pensamentos, o que nos impossibilita de perceber a via como ela realmente é". Vivemos como que dopados com nossos próprios pensamentos e sentimos certo prazer nessa situação.
Abderis é a personalidade ainda incipiente que falece pisoteada em virtude de assumir uma tarefa para qual não esta capacitada , pois o controle do pensamento é uma atividade da Alma, ou seja, Hércules, com o qual entramos em contato quando meditamos.
A morte de Abderis (a personalidade)faz com que tenha ocorrido um certo fracasso na execução da tarefa, pois Hércules necessitará da mesma na execução de outras tarefas.
é da natureza do Ariano o impulso de criar, daí possuir uma mente fértil, que não o deixa um momento sequer sem uma atividade provocada por seus pensamentos.
Áries é o signo dos anjos caídos e da Esperança.

Nota esclarecedora:

1. O Grande Presidente que preside a Câmara de Concílio é o "Eu Sou" (o Cristo Interno), a manifestação da Divina Presença no coração do ser humano.
2. O Mestre que vigia Hércules é o Mestre pessoal de cada Ser Humano, cuja a residência no homem fica na bolsa seminal, até que ele reúna as condições necessárias para que ELE APAREÇA (Quando o discípulo esta pronto, o Mestre aparece.).
3. A Câmara de Concílio do Senhor está localizada na parte superior do ventrículo esquerdo do coração.
4. Há algumas sugestões na historinha citada que não devem passar despercebidas pelo estudante arguto e, uma delas, é a frase "Traçando os planos com cuidado", que deve servir como advertência para o Iniciado , pois toda a impulsividade deve ser substituída pela atitude de precaução e sensatez ao se lidar com a mente descontrolada.

Texto dedicado á uma grande mestre, Adi !